Quarta-feira, 16 de abril de 2014

Notícias

Unibanco é condenado a pagar indenização de R$ 2 milhões

Priscyla Costa



O Unibanco poderá ter de pagar indenização de R$ 2 milhões a um ex-executivo, vítima de alegado assédio moral. A decisão é da juíza Cláudia de Souza Gomes Freire, da 53ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. Cabe recurso.

Segundo os autos, Paulo César Barreiro Monteiro

O uso deste material é livre, contanto que seja respeitado o texto original e citada a fonte: www.assediomoral.org